- V - | The Terror Personal Games

Diga um pouco sobre você, e conheça os outros integrantes do fórum! Clique aqui e apresente-se!
Vamos trocar idéias, debater, faça-se ouvido! Clique aqui para entrar!
Quer jogar e não sabe como? Procura vaga para algum jogo? Entre aqui e deixe seu recado!

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

O Início - A unificação com Jerusalém

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 O Início - A unificação com Jerusalém em Ter Jun 28, 2011 1:04 pm

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
Maio de 1228 - final do inverno

Tivadar seguia para o elisium, já faziam 5 anos desde que Mihael partira, o inverno estava como sempre com suas chuvas e temperatura amena, mas já demonstravam a força do verão que já batia a porta. Mas Tivadar pensava, "por que esse encontro hoje?", desde o lançamento da sexta cruzada no ano anterior por Frederico II. O clima andava tenso. A derrota da quinta cruzada ainda estava fresca na memória de Tivadar.

Tudo começara no dia em que ele partira com Frederico para vingar-se de Phillip. Aquela atitude condenou a quinta cruzada pois o Cardeal Pelágio contava com o exército de Frederico para a tomada do Cairo porém Frederico voltara à Europa o que causou a derrota em 30 de Agosto de 1221 em Mansurá. Causando a evacuação de Damieta.

Em 1225, Tivadar fora convidado para o casamento de seu amigo Frederico com a bela Isabel de Jerusalém. O que passou a garantir-lhe a coroa da Cidade Sagrada.

Em 1227, Frederico é Excomungado pelo Papa pois demorava a partir na Cruzada. Então Frederico parte para a Sexta Cruzada. Um dos seus primeiros atos é enviar a Tivadar uma carta avisando que estava contando com os Cavaleiros Teutônicos de Acre nesta cruzada.

No início de Maio, morre Isabel esposa de Frederico II. Frederico então envia uma nova carta para o amigo avisando que estava de partida para Acre. Onde começaria os planos de reconquista da Cidade Santa.

Esta carta havia chegado a poucos dias nas mãos de Tivadar, agora o Líder dos Cavaleiros Teutônicos de Acre. Mas o que o príncipe desejava para marcar um encontro com ele em sua própria residência?

Com esta dúvida em seus pensamentos Tivadar chega escoltado por dois cavaleiros a casa do mercador Roberto de Bragança. Ele é recepcionado por um dos servos do rico mercador e conduzido a presença do mesmo. Sua escolta é conduzida para uma outra ala da mansão onde naquele momento alguns servos cantavam alegres trovas, bebiam vinho e comiam pães e queijos.

A sala onde Tivadar se encontrava com o Príncipe, era um típico escritório. Haviam estantes nas paredes atrás da mesa e a direita, repletas de livros. Uma mesa grande retangular no centro da sala com uma confortável cadeira onde se encontrava Roberto e mais duas iguais a que estava sentado a sua frente do outro lado da mesa.

Com um gesto o príncipe convida Tivadar para se sentar em uma das cadeiras. Quando os dois estavam sozinhos na sala, ele começa a falar:

- Tivadar, fico feliz por ter respondido tão rapidamente meu chamado. Sei que nestes dias onde mais uma cruzada é declarada deves estar muito ocupado com a preparação das defesas da cidade.

Tivadar não mais se espantava com a quantidade de informações que o príncipe conseguia obter, afinal esse era o papel dele. E se não o fizesse outro membro poderia querer tomar-lhe o poder.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

2 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qua Jun 29, 2011 5:42 pm

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Tantando não esboçar a surpresa pelas informações obtidas pelo príncipe antes de sua chegada, Tivadar resume rapidamente a situação das tropas de defesa de Acre.

Em seguida, segue para o que sabia ser o assunto pelo qual havia sido chamado à presnça do príncipe.

- Senhor, com certeza o senhor já sabe, mas é de praxe que o Imperador Frederico II se hospede no forte, ele estará sob meus cuidados, designarei os melhores homens que tenho na proteção deste mortal, além da guarda pessoal que ele tem consigo o tempo todo. Ele confia em mim. Acredito que ele deva ficar em Acre até partirmos para a crusada, mas não posso afirmar ainda.

Tivadar faz uma pausa aguardando a resposta do Principe.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

3 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qui Jun 30, 2011 8:03 am

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
"Então Frederico II está vindo para a minha cidade..." - pensava Roberto procurando novas possibilidades e possíveis perspectivas.

- É sabido meu jovem por todos que o Imperador o tem na maior estima. Ou então por qual cargas d'água ele abandonaria uma cruzada para ajudá-lo pessoalmente na sua vingança contra Phillip? - o príncipe ao falar isso num tom irônico olha para Tivadar fazendo uma breve pausa e então retorna ao discurso.

- Sir Willian - ele o tratava assim quando sabia que poderia ser ouvido por alguma pessoa que não sabia do segredo. - devemos conversar sobre o futuro da cidade. Tenho muitos problemas. O conselho está com vagas em aberto.

Ele falava enquanto se levantava indo em direção a porta do escritório que se encontrava entre-aberta. Ele a abre olha para ver se existia alguém no corredor de acesso. Fecha a porta e a tranca logo em seguida retorna para perto de Tivadar.

- Como eu dizia... nosso Conselho está com as cadeiras dos Ventrue, dos Mekhet e dos Gangrel em aberto. E como o Imperador está a caminho devemos prontamente preencher essas lacunas. Bem como os demais cargos que também continuam vagos. A casa Ventrue já sabe quem ira indicar para a sua cadeira. E sendo você um Gangrel gostaria de saber se vocês já decidiram quem será o representante no conselho.

Ele faz uma pausa, para que Tivadar assimilasse o que falava e prossegue:

- Outra coisa me preocupa é o fato do crescimento do clã Mekhet, hoje eles possuem o maior número de integrantes. Apesar de não serem todos da mesma coalizão. Ainda são Mekhets. Temos hoje ainda a possibilidade de contar com mais quatro membros fixos para a nossa cidade. Dois para suprir a vaga deixada por Mihael que retornou para a Valáquia e para a vaga de Ablon que fora morto a duas noites atrás. Mais duas vagas para serem ocupadas uma pelos Daeva e a outra ainda não me foi requisitada, mas sei que a casa Nosferatu não deseja outro membro fixo na cidade. Me inclino a negar a solicitação por outro Mekhet. A casa Gangrel precisa de outro membro?

Ele olha para tivadar aguardando que ele exprima suas posições sobre os temas propostos.



Última edição por AlexBarros em Seg Jul 18, 2011 9:39 am, editado 1 vez(es) (Razão : Incongruência histórica a Romênia ainda não existia. Auterado para Valáquia. Obrigado Gass!)


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

4 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Seg Jul 04, 2011 9:20 am

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Senhor, suas perguntas são impossíveis de responder apenas pela minha vontade. Peço licensa mas devo me ausentar e me reunir com membros do clã para que possamos tomar essas decisões.

Após a reunião Tivadar retorna a casa de Roberto levando consigo as respostas do clã Gangrel. Onde é prontamente levado a presença do príncipe de Acre e sem mais delongas como é o costume dos gangréis ele já parte dando a resposta às questões postas pelo príncipe no início da noite.

- Senhor, vamos aceitar as duas vagas para o clã, agradeço por elas. E com relação ao conselho, os Gangrel de Acre me indicaram para a vaga e eu aceitei a indicação.

O príncipe olha para o Gangrel e responde.

- Aceito a sua indicação para o senado. Agora Sir Willian, espero que não fique melindrado, mas devo pedir licença pois devo me ausentar. Tenho assuntos a resolver.

Então o mordomo do príncipe, um conhecido carniçal lacaio do príncipe. Entra na sala e escolta Tivadar até a porta da frente da casa do príncipe, e ao se despedir fala em galês, um idioma que sabe que ninguém ali além dos dois entenderia:

- Vejo que em pouco tempo você já cresceu entre os seus. Sir Willian o novo primigênie do clã Gangrel.


- Não tive muita escolha, meu caro. - Responde Tivadar, também em galês. - Essa é uma posição que deve ser ocupada. Mas não diria que sou primigênie de nada. - Tivadar vai saindo.

Em seguida, se dirige aos soldados que o guardam e manda dois deles buscarem Frei Domênico e Gregory em suas casas.

"Diga-lhes que tenho um assunto que não pode esperar muito para que seja abordado."

Tivadar então vai para a fortaleza, onde chama Rosália, para que esperem juntos a chegada dos outros dois.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

5 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Sex Jul 15, 2011 12:12 pm

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
Os dois soldados após ouvirem as ordens do superior, seguem rapidamente para a execução da ordem. O soldado que ficara então escolta o superior pelo caminho de volta para a fortaleza.

Tivadar encontra Rosália no quarto que ela transformara num ateliê improvisado, onde ela passara a produzir alguns vasos e esculturas de barro, alguns desenhos e até mesmo estudos das formas.

Ela ouve o que Tivadar falava sem mesmo tirar os olhos de um desenho que preparava. Mas quando Tivadar terminou de falar, ela levanta os olhos em sua direção e responde: "Pode deixar querido, irei me aprontar e estarei ao seu lado antes mesmo da chegada dos nossos convidados."

Meia hora após Tivadar falar com Rosália ela já se encontrava ao seu lado, bem na hora em que Gregory e Domenico chegam ao Forte e são encaminhados até a sua presença por dois soldados.

- Mestre Willian, a que devo a honra deste chamado? - diz Gregory percebendo que a escolta ainda estava na sala.

- Sir Willian. Fico feliz por ter tempo para seu velho amigo. Estes homens são de confiança? - pergunta Frei Domenico, no final com disfarçada malícia.

Tivadar acena para os soldados para que eles fechem a porta dizendo:

- Podem tirar o resto da noite de folga homens. Estou entre amigos. Nenhum de nossos inimigos seria louco de tentar contra minha vida neste momento.

Ele então se concentra por alguns instantes verificando se os soldados se encontram por perto.

- Podemos começar...


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

6 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Ter Jul 19, 2011 3:13 pm

Giovanni

avatar
Admin
Admin
- Podemos começar...

- Frei, Gregory, quero que saibam que são de minha completa confiança. Jamais ficarão de fora de qualquer assunto relevante. Sempre terei tempo para velhos amigos. - Diz ele olhando especialmente para Domenico.

- Como devem imaginar, não os chamei aqui hoje para festejarmos, ainda não. Chamei-os aqui para comunicar-lhes que algumas decisões foram tomadas hoje e que em breve teremos mudanças na estrutura principal da sociedade vampirica de Acre.

- Acredito que todos sabiem que existem algumas vagas desocupadas no conselho da cidade, uma delas é a dos Gangrel. Em conversa com Bjorn, decidimos que, como ele não quer o cargo, eu me candidatei. Aguardo apenas confirmação dos outros membros do conselho e de Roberto.

- Também acho relevante falar-lhes - e essa é uma informação especialmente restrita - que o Imperador Frederico está a caminho de nossa fortaleza. Como todos aqui presentes já tiveram contato com o Imperador quando estivemos na Valáquia, é importante saberem que possivelmente o encontrarão novamente.

- Gregory, você e três dos seus homens farão um adicional à guarda do Imperador. Domenico, Frederico ainda é um homem que tem sua fé como um ponto forte, ficará de plantão como representante de Deus.

Tivadar termina de falar e com um leve sorriso no rosto adiciona:

- Algum dos senhores tem algo a acrescentar à essa conversa?


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

7 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qua Jul 20, 2011 12:27 pm

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
Os homens se entreolham, então Domenico toma a palavra:

- Ora Sir, vejo que possui um plano bem delimitado. E quanto tempo terei para me preparar? Mas tem algum motivo ou objetivo claro para a minha presença pessoal ao lado do Imperador nos seus planos?

- Senhor - começa Gregory - estarei sempre com três dos meus homens disponibilizados para a guarda do Imperador. Mas ele deverá vir escoltado por sua guarda pessoal, e eles não permitem normalmente que outros homens se juntem a eles. Esse será um problema. Sem contar que o Imperador Frederico está sempre com seu conselheiro ao lado.

Gregory faz uma pausa reflexivo e continua:
- O senhor sabe qual o tamanho da comitiva do Imperador e quanto tempo ela ficará em Acre? Deveremos preparar a cidade para recebê-lo. E se forem ficar por muito tempo se fará necessário investimento para a expansão da cidade.

Rosalia que acompanhava a conversa em silêncio resolve se pronunciar.

- Estamos nos preocupando com problemas dos mortais meus caros. Porém ninguém se perguntou em qual serão os planos daqueles ratos decrépitos de ideais antigos que vivem no coração da Europa. Me preocupa quais os planos da alta nobreza vampírica. Com certeza eles desejam Acre e Jerusalém, mas quais serão os seus planos?

Ela olha para Tivadar e continua:

- Meu querido, agora que fará parte do senado - ela faz um ligeira pausa dramática - poderá usar de seu status para descobrir maiores informações sobre isso.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

8 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qua Jul 27, 2011 11:00 am

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Tivadar olha para Rosália com satisfação em ouvir o que ela disse.

Senhores, acredito que não tenho mais nada para informá-los. Ainda não sei o tamanho da comitiva que acompanhará o Imperador nem por quanto tempo pretendem ficar na cidade. Ainda deve tomar alguns meses para que eles cheguem. Teremos essas informações no tempo certo.
Além disso, não acredito que teremos problemas em reforçar a guarda do Imperador ou nos aproximarmos de alguma forma. Tenho a confiança dele.

Quando tiver a primeira reunião com o conselho tentarei descobrir algo mais sobre as intenções dos grandes.

Fiquem a vontade senhores, irei buscar algo com que me alimentar.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

9 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qui Jul 28, 2011 10:27 am

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
A exatos seis dias passados do último encontro de Tivadar com o príncipe da cidade. Tivadar recebe um bilhete informando da apresentação de novos membros da administração da cidade aconteceria na próxima noite. Então todos os membros deveriam comparecer ao senado.

Na noite seguinte, conforme o protocolo Tivadar se dirige para o senado, a câmara onde ele mesmo fora apresentado à sociedade por Mihael. Naquele dia ele não sabia que fora apresentado com sucessor de Mihael. Agora ele se via na posição de primigênie do clã Gangrel. Ao seu lado direito estava sentada Jiao Chang que era a representante do príncipe no conselho e ao lado dela Khrist Al’Aman o primigênie do clã Nosferatu.

A sua esquerda havia um corredor por onde o novo Xerife passaria para ser apresentado, e do outro lado os três acentos estavam vagos. Onde seriam os lugares do primigênie Ventrue, Mekhet e Daeva. Este último representado pela misteriosa líder dos Al'Amin Samira.

Os demais membros estavam em seus lugares porém o mercador Ventrue Guilherme e o cavaleiro Raphael não eram localizados pelos olhos de Tivadar. O que aumentava ainda mais sua desconfiança.

Depois de um breve momento Guilherme entra no senado e se junta aos membros "comuns". Depois Raphael, o arcebispo e o príncipe entram pela passagem destinada ao príncipe. Que então anuncia Willian como novo primigênie Gangrel e Raphael como o novo primigênie Ventrue da cidade.

Raphael se posta ainda de pé a frente da cadeira mais próxima a Tivadar e o cumprimenta com um aceno de cabeça. E então todos se sentam.

Passados alguns instantes, os membros da Al'Amin entram no senado, Samara segue a frente de todos, a seguindo entram um ao lado do outro Mohamed mais a direita, uma pessoa desconhecida por Tivadar e Queóps mais a esquerda.

Mohamed e Queóps, ficam mais para trás a um certo momento e tomam seus lugares junto aos "espectadores", enquanto Samara e o desconhecido se entram no centro do tablado.

Samira então põe-se a falar:

- Boa noite sociedade de Acre. Estou aqui apresentando a todos o nosso integrante Anselm, que veio de Jerusalém. Ele é a nossa indicação para ocupar o posto de Xerife da cidade. Posto o qual nos é dada a indicação. Anselm estará preparado para a função e não permitirá que volte a acontecer o mesmo tipo de ataque que sofremos a alguns dias. No qual o nosso membro Ablon fora.. - ela faz uma pausa - destruído.

O príncipe se levanta e diz:
- Sabemos que a escolha fora feita com saberia Samara. Como a Al'Amin não se encontrava conosco no momento de meu pronunciamento inicial. Também devo apresentá-los os novos senadores. Willian da casa Gangrel e Raphael da casa Ventrue.

Ele olha para Anselm e diz:
- Anselm, terá o dever de nos manter em segurança. Como não temos ainda um magistrado na cidade deverás passar para o Arcebispo e para os membros do senado as irregularidades e possibilidades de ataques que sofrermos. Acredito que estás preparado. Bem vindo e boa sorte.

Com isso a apresentação formal termina e então uma reunião de confraternização se inicia.

À francesa o príncipe se retira junto com o Arcebispo.

Mais próximos os senadores e o novo Xerife, iniciam uma conversa:

- Então Willian, realmente agora é o sucessor de Mihael. Acredito que a casa Gangrel continuará forte. - diz Jiao Chang, virando-se para Tivadar.

- Anselm, quais as suas idéias para nossa cidade? O que espera para Acre? - pergunta Raphael ao novo Xerife.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

10 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qui Jul 28, 2011 12:22 pm

Gassway

avatar
Harpia
Harpia
Assim como a terra pertence a um nobre, minha ira era minha, somente minha. Despido de emoções, entrava sem expressão no rosto, caminhando ao lado de meus iguais.

Para melhor ou não, não era mais humano, "Vampiro", um membro da Familia. Uma criatura da noite que se alimenta dos Mortais. Agora apenas o mundano importa e nele estarei focado. Pertencente agora ao alto comando da Al-Amin, apresentava-me a Familia de Acre.

Sem expressão no rosto, abaixava a cabeça numa reverencia respeituosa enquanto Samira, terminava seu discurso. Um simples ato, Para demonstrar reconhecimento do Território do Principe Roberto.

Como previsto por Samira, Minha indicação corria livre de impecilhos, pedindo a palavra ao Principe, declarava publicamente para a Familia.

--Respondendo a um chamado da cidade de Acre, eu venho da cidade santa, senhores, com intuito exclusivo, de trazer a disciplina para esta cidade. Se qualquer tradição for rompida, eu juro perante a familia, que sob a autoridade do Principe este membro sera punido.

Finalizava meu discurso, e então uma pequena reverencia com a cabeça mais uma vez. Retirava-me para o local apropriado até que a reunião fosse encerrada, para então, que a Familia socializasse. Conceito que fora préviamente explicado a mim pelo meu Genitor.

Minha fera estava agitada, o Ambiente e os membros não me agradavam. ambiente ao qual eu temo que, acabarei me acostumando. Porém a fachada mantinha-se firme. Não demorava para que um membro viesse me falar, Não o conhecia mas seria rapidamente remediado, alias, como Xerife acredito que seja meu dever conhecer a Familia de Acre.

--Estou aqui apenas para manter a Tradição. Senhor ?

Questionava seu nome, assim como deveria ainda, questionar o dos outros.

11 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Sex Jul 29, 2011 9:16 am

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Tivadar olhava para o novo Xerife com um quê de desconfiança. As coisas haviam acontecido de uma forma um tanto quanto estranhas ultimamente. O principe aparentava preocupação demais.

Jiao Chang aparece em frente à Tivadar comentando o anuncio do Principe.

Tivadar, com um sorriso simpático responde:

- Fico feliz que veja as coisas dessa maneira Srta. Chang, faço o melhor que posso em nome do clã, assim como em nome dos Cavaleiros Teutônicos de Acre. A Srta. sabe algo sobre esse novo Xerife? -Tivadar decide perguntar antes de ir falar com o recém-nomeado.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

12 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Sex Jul 29, 2011 10:19 am

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
- Perdoe-me me chamo Raphael Montenegro. Represento a casa Ventrue. Espero que consiga encontrar o assassino de meu antecessor. Agora Sr. se me dá licença devo ter com os demais membros de meu clã. - diz Raphael a Anselm deixando Anselm de Samara a sós.

- Anselm deve falar com todos os membros do Senado. Depois nos encontramos no nosso refúgio. Devo me ausentar para resolver assuntos urgentes. Muito cuidado com os Mekhets da Lancea Sanctum, mantenha-se afastado deles. - diz Samara.

Anselm, que ficara só, vê que os outros senadores se encontram juntos do outro lado do salão.

- Provavelmente tanto quanto o Sr., sir Willian. Os Al'Amin são bem fechados quanto a seus membros. E pelo visto ele vem da Cidade Santa para ocupar esse posto aqui em Acre. Eles são espertos não o nomeariam atoa. Mas vamos ver quais as idéias dele para a proteção da cidade. - Responde Jiao à pergunta de Willian.

- Desculpem-me a intromissão, mas devemos nos preocupar com o novo senador Ventrue? O novo Xerife a princípio terá que conhecer a cidade e como é a política de Acre. Que é muito diferente de Jerusalém... Bem talvez essa dúvida possa ser respondida agora. Vejam, ele está sozinho agora, devemos nos apresentar a ele. - finaliza Khrist indicando o novo Xerife.

O jovem Xerife e os três Senadores então formam um único grupo.

- Boa noite senhor Anselm, eu sou Khrist o representante da casa Nosferatu, estes são Willian da casa Gangrel e Jiao Chang representante do Príncipe apesar de ser da casa Daeva. Casa a qual é representada pela sua cicerone. Que pelo que vejo o deixou.

- Já tarda a hora, ainda tenho outros compromissos com a minha casa. Algum dos senhores poderia me acompanhar? - pergunta Jiao Chang que continua - É claro que haverão outras oportunidades para podermos conversar melhor senhor Anselm.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

13 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Ter Ago 23, 2011 8:47 am

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Te acompanharei Srta. Chang, ainda tenho alguns assuntos para tratar fora do conselho.

Senhores, caso vejam necessidade em falar comigo, saberão onde me encontrar.

Ao sair da sala do conselho começo uma conversa despretenciosa com Jiao Chang, apenas para acompanhá-la até sua casa. Tivadar responde à todas as perguntas feitas pela Srta. Chang, claro, omitindo alguns fatos que poderiam prejudicá-lo diretamente.

Ao chegarem à casa da Srta. Chang, Tivadar fala em uma voz cordial:
Srta, devo agradecê-la pela companhia. Teria sido entediante para um homem como eu permanecer naquela sala cheia de interesses conflitantes.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

14 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Qua Ago 24, 2011 10:04 am

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
Jiao Chang não esconde a surpresa ao ouvir as palavras de Tivadar ao chegarem em sua casa.

- Ora Comandante Willian, se não conhecesse bem sua esposa e vosso casamento, poderia até suspeitar que estivesse me cortejando. - diz com um sorriso malicioso. - Mas como preso muito Lady Rosalia, não seguirei nesta linha de suposições. Porém gostaria de me proporcionar mais alguns momentos de sua companhia? - complementa mordiscando o lábio inferior demonstrando um ar lascivo.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

15 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Seg Ago 29, 2011 3:53 pm

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Ora Srta. Chang, é ultrajante considerar que eu esteja lhe cortejando com apenas um comentário inocente sobre a minha impaciência por lugares cheios de homens entediantes. Mulheres ousadas são muito mais interessantes - Diz Tivadar, se aproximando e forçando Jiao Chang se afastar contra a porta.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

16 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Seg Ago 29, 2011 4:30 pm

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
A mulher ao contrário do que pensava Tivadar, se manteve parada na entrada mesmo com a sua aproximação. Quando os corpos se tocaram, Tivadar sentiu um calor de vida emanando no corpo de Jiao Chang que desde que iniciara sua não vida não sentia.

Ela tocava com o dedo indicador os lábios de Tivadar, enquanto dizia:

- Ora Capitão, não tão rápido. Não divido meus homens com ninguém. Mesmo com uma aliada. Deixarei que você sinta um pouco mais do calor do meu toque.

Ela se aproxima na ponta dos pés da orelha esquerda de Tivadar e sussura:
- Se me deseja tanto assim, primeiro deve selar o destino de sua consorte.

Ao terminar de dizer isso ela se afasta do homem e com um sorriso nos lábios cheio de lascívia diz ao se despedir:

- Venha amanhã Willian, tenho uma proposta de negócios para lhe fazer, uma proposta que poderá mudar o rumo de Porto Acre.


Além do calor do corpo de Jiao chang, Tivadar também sentiu a rijeza e um perfume envolvente no corpo da pequena oriental. Uma sensação que ele tinha certeza que jamais esqueceria.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

17 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Seg Set 12, 2011 2:37 pm

Giovanni

avatar
Admin
Admin
Ainda embriagado pelo perfume e por tudo mais que havia acontecido nos ultimos minutos, Tivadar segue à passos trôpegos pelas vielas escuras até a porta do forte, onde alguns guardas estavam de plantão.

Ao se aproximar eles fazem a reverência de praxe. Tivadar faz sinal para que fiquem à vontade e diz em bom tom: "Senhores, aproveitem a noite, com a chegada do sol toda essa beleza fica escondida por tempo demais."

Os guardas estranham o bom humor de seu lord, mas ficam lisongeados pela proximidade com que Tivadar os trata.

"Estou subindo para meu quarto. Gregory está no comando, como sempre." - Diz Tivadar, deixando-os como os encontrou.


_________________
[]'s
Giovanni
http://darkages.umforum.net

18 Re: O Início - A unificação com Jerusalém em Seg Out 10, 2011 12:05 pm

AlexBarros

avatar
Admin
Admin
O final da noite segue sem nenhum problema. A cidade estava tranquila, os cavaleiros e milícia trabalhavam unidos. Não havendo conflitos importantes entre ambos.

Alguns dias se passam até que Tivadar recebe uma solicitação de audiência de um dos mais notáveis cidadãos de Porto Acre. O senhor Abdul-Basit, diziam que ele fora um oficial dos exércitos de Saladino, mas sua compleição física não era de quem um dia fora um soldado.

Abdul-Basit era esquio e baixo, até mesmo para os padrões árabes, de olhar amistoso e até por vezes tomado como um tolo. Abdul-Basit por muitas vezes havia intercedido por seu pupilo a quem ainda Mihael havia posto entre as fileiras dos milicianos e posto como um postulante a cavaleiro.

Já sob o comando de Tivadar, Abdul-Basit poucas vezes viera ter com o comandante das tropas, todas elas era para fazer alguma denúncia ou apenas para saber do jovem. Porém em nenhuma delas Abdul-Basit abriu uma comunicação oficial. Fato ao qual trazia a esse pedido uma peculiaridade que fora rapidamente notada por Tivadar.

Terminando de ler o pedido e de fazer suas ponderações, Tivadar é interrompido em sua divagação mental sobre os fatos que poderiam ser abordados por Abdul-Basit com a entrada de Gregory em seu gabinete.

- Perdoe-me Mylord pela interrupção. - Gregory dizia enquanto fechava a porta. - Gostaria de sua permissão para me ausentar do meu trabalho por duas semanas Mylord. Gostaria de resolver alguns problemas pessoais na Cidade Santa. Estes problemas pessoais Mylord envolvem a incumbência que me passara ontem durante a reunião com os líderes.

Tivadar reparava que Gregory falava de maneira excessivamente cautelosa ao abordar os assuntos do clã, o que causou uma leve preocupação em Tivadar.


_________________
---
Aleph Rötgrafen


---
Oficial NWOD
http://wiki.white-wolf.com/worldofdarkness/index.php?title=Main_Page

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum